Novena de Padre Jordan como itinerário para vivenciar o Ano Centenário da Morte/Ressurreição de Pe. Jordan

Neste dia 08 de março, 2º Dia da Novena em preparação ao Centenário da Morte/Ressurreição do Venerável Servo de Deus,Pe. Francisco Maria da Cruz Jordan traz como tema: “Padre Jordan Defensor do Apostolado Leigo”. Novena que está sendo rezada no dia 08 de cada mês noslugares de missão salvatoriana e se estenderá até setembro, mês que marca a celebração do Ano Centenário. Reze conosco esta novena!

08 de março de 2018

Venerável Servo de Deus

Pe. Francisco Maria daCruz Jordan

DEFENSOR DO APOSTOLADO LEIGO

SAL DA TERRA E LUZ DO MUNDO

(MT 5,13-14)

Pe. Jordan foi um homem além doseu tempo. Ele inicia as atividades missionárias com a colaboração dos leigos.No início do seu projeto, dividiu a Sociedade em três graus. Em cada graucontava com a participação de leigos. Ele sempre acreditou no protagonismo dosleigos. As suas afirmações estão bem contidas no Concílio Vaticano II.

Hoje, passados 100 anos de suapáscoa definitiva, a Igreja no Brasil celebra o “ANO DOLAICATO”. O temaescolhido para animar a mística do Ano do Laicato foi: ”Cristãos leigos e leigas,sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino” e o lema: “Sal da terra eluz do mundo”, Mt 5,13-14

– Se o sal perder o seu gosto,com que se há de salgar? “Vós sois o sal da terra!”

– Ninguém acende uma luz para colocá-la debaixoda mesa, mas sobre a mesa a fim de que ela ilumine a todos que estão em casa.“Vós sois a luz do mundo!”

Padre Jordan na Igreja e com a Igreja, através dos tempos.

 

 

ORAÇÃO INICIAL

 

Senhor Jesus Cristo,Salvador do mundo,

em todos os temposchamas homens e mulheres

que, a exemplo dosApóstolos, se empenham para que

todos te conheçam eencontrem em ti a salvação.

Escolheste FranciscoJordan como zeloso

e fiel servidor doanúncio apostólico.

Pela intercessão deMaria, Mãe do Salvador

e Rainha dosApóstolos, te pedimos:

como concedeste a teuservo Francisco,

dá também a nós, seusfilhos e filhas espirituais,

uma inabalávelconfiança

em tua amorosa Providência,

zelo apostólico por teu Reino,

dedicação no serviçoaos irmãos e irmãs,

e coragem para teseguir.

Pela intercessão deteu servo Francisco,

atende nossas preces,

e ajuda-nos em nossasnecessidades. Amém.

Rezando com a Palavrade Deus:

 

“«Vocês são o sal da terra. Ora, se o salperde o gosto, com que poderemos salgá-lo? Não serve para mais nada; serve sópara ser jogado fora e ser pisado pelos homens.14 Vocês são a luz do mundo. Nãopode ficar escondida uma cidade construída sobre um monte” Mt 5,13,14

Refletir o que a Palavra de Deus está me dizendo.

Recordando asmeditações do Pe. Jordan

– Quão poderosa é a ação doapóstolo inflamado pela caridade! E, pelo contrário, quanto prejuízo causa umpregador que não está animado pela caridade! Ainda que ele troveje, acasopoderá inflamar outros, se ele mesmo não arde? Por mais instruído que seja, pormais incisiva que seja sua pregação: ele precisa inflamar pelo amor. (Alocuções42)

– E mais: é ainda particularmenteimportante que invoquemos o Espírito Santo, para que Ele nos ajude a sermos, aexemplo dos Santos Apóstolos, unânimes, unidos, um só coração.367 Que o EspíritoSanto habite em nossos corações!368 Que Ele conserve sempre e em tudo a unidadeentre nós. E, onde ela não existe, que Ele a estabeleça! Isto é tão importante!(Alocuções 43)

– Se vocês se identificaremfielmente com a missão da Sociedade, empenhando-se, com zelo, no seguimento dosSantos Apóstolos, então haverão de encarar e compreender sua nobre missão de maneirabem diferente. Como vocês serão felizes se procurarem realizar esta missão!(Alocuções 45)

– Para que trabalhemos com muitofruto na vinha do Senhor, é necessário que tenhamos uma fé sólida, porque a féé a raiz e o fundamento de todas as virtudes. Deixemo-nos guiar pela fé. Deixem-seguiar pela fé. Todas as atividades da Sociedade sejam orientadas pela fé.“Permaneçam firmes na fé”, diz o Apóstolo. 491 E, se realizamos grandes coisasna vinha do Senhor, sejamos firmes na fé e lutemos contra a arcana serpente!(Alocuções 64)

Rezando com a FamíliaSalvatoriana hoje

 

– “Ideias são sementes que devemser lançadas no solo da História, nem sempre brotam de imediato, mas quandochega a “plenitude do tempo” brotam com vigor. Foi isto que aconteceucom o Padre Jordan, aproximadamente em 1880. Ele lançou a ideia de unir asforças vivas da Igreja. Nasceram algumas sementes, mas o solo não era propício,logo murcharam. Cem anos mais tarde, surge a ADS, Leigos e LeigasSalvatorianas, esta semente nasceu e está dando muitos frutos.” Irmã MariaAdmir Carvalho Citó. Religiosa Salvatoriana, Santa Bárbara D’Oeste,SP.

– “A missão salvatoriana éeminentemente apostólica. Existimos para promover uma Igreja viva e participativa,focalizando particularmente a formação e envolvimento do apóstolo leigo. Daí a importânciada promoção da Associação do Divino Salvador, ou seja, do leigo salvatoriano.”Pe Arno Boesing, Religioso e Padre Salvatoriano, Rio de Janeiro – RJ

– “Confirmando a intuiçãooriginal e o sonho de Pe. Jordan os/as leigos/as Salvatorianos/as através de suaorganização são chamados/as a ser apóstolos, respondendo ao chamado de Deus eintensificando a sua vocação cristã à santidade e a ação apostólica, vivendo nomundo a sua missão, na família, na vida profissional e num amplo contexto devida eclesial, social e política.” Francisco José Petry, Coordenador Nacionaldos Leigos Salvatorianos, São Miguel do Oeste – SC

Rezando com a CNBB:

 

– “Sal da terra e luz do mundo,na Igreja e na sociedade! Os cristãos leigos e leigas, receberam, pelo Batismoe pela Crisma, a graça de serem Igreja e, por isso, a graça de serem sal daterra e luz do mundo (Mt 5,13-14)” (Dom Leonardo Ulrich Steiner,Secretário-Geral da CNBB).

– “Na dinâmica amorosa e suave do Espírito queanima a e dinamiza a Igreja, os discípulos missionários recebem uma variedadede ministérios, carismas, vocações e serviços. Não são funções; não éorganização! São expressões do modo de os batizados viverem em Cristo,fecundados pelo Espírito”. (Dom Leonardo Ulrich Steiner, Secretário-Geral daCNBB).

– “Ser sujeito eclesial significaser maduro na fé, testemunhar o amor à Igreja, servir os irmãos e irmãs,permanecer no seguimento de Jesus, na escuta obediente à inspiração do Espíritosanto e ter coragem, criatividade e ousadia, para dar testemunho de Cristo”(CNBB, Doc. 105, n119).

– Para encontrar e servir a Deusna sociedade os leigos são iluminados pelo modo de Deus: “Ele ´desce´ e ´entra´em nosso mundo e em nossa história para assumir em tudo a nossa existência. Dessaforma, também os cristãos, para seguir e servir a Deus, devem ´descer´e´entrar´em tudo o que é humano, que constrói um mundo mais humano e que noshumaniza” (Evangelli Gaudium, n. 24 e CNBB, Doc 105, n. 163)

Últimos dias do Pe.Jordan – Crônicas deixadas pelo Pe. Pancrácio

 

– Visitei o venerável Pai. Ele está deitado numalinda cama branca, muito bem asseado. Ele elogia muito a bondade das Irmãs e doenfermeiro. Mostra-se satisfeitíssimo com tudo. Perguntou-me também, se seriapossível receber diariamente a santa Comunhão.

“Crê, espera, confia, ama e vá em frente”(Padre Jordan)

– Falei com a Superiora. Ela medisse que, com certeza os Srs. Padres trariam, com a máxima satisfação, aComunhão diária. Observei que, se achasse conveniente, toda a manhã um dosnossos padres poderia vir celebrar a santa Missa. Mas, ela achou que, pelomenos de ordinário, não seria necessário.

“Eis-me aqui, Senhor, Tusabes tudo.” (Padre Jordan)

– O venerável Pai tinha consigo, em cima docriado-mudo, seu relógio de bolso. Perguntei-lhe se não lhe deveria comprar umrelógio que ficasse em pé, para que pudesse ver melhor as horas. Respondeume quenão era preciso.

“Reconheço o meu nada,Senhor, mas em Ti, eu posso tudo!” (Padre Jordan)

– O seu relógio de bolso agora não valia maisnada. Ele o tinha em uso pessoal desde 1896. Aliás, eu o havia recebido depresente por ocasião de minha primeira Missa. Voltando para Roma, eu o haviadado ao venerável Pai, visto que seu relógio não funcionava mais.

“Contempla tudo à luz da fé.Todo o teu pensar, falar e agir sejam motivados neste sentido.”(Padre Jordan)

– Posteriormente mandamos colocarno mostrador do relógio a data de 08/09/1918, a data de seu falecimento,colocando os ponteiros em 8 horas e 2 minutos. Na parte interior da tampa,lê-se agora a inscrição: “ln usuRmi. Nostri Fundatoris, / 1896-1918” – “Usado por nossoReverendíssimo Fundador: 1896-1918”. Dessa forma ele nos servirá derecordação do Fundador, testemunhando seu amor pela santa pobreza.

ORAÇÃO FINAL – DIVINO SALVADOR

(livro precessalvatorianas, oração 06 página 18)

Divino Salvador, Jesus Cristo,para a glória do Pai e pela salvação de todos nós, desceste à terra, Faze comque todos te reconheçam como único Salvador do mundo, e que te sirvam com alegria.Tu que vives e reinas com Deus Pai, na unidade do Espírito Santo. Amém. Glóriaao Pai… Pai Nosso … Ave Maria…

Outros conteúdos