Padre Jordan – Zeloso Missionário

 

A novena deste dia 08 de outubro, traz como tema: “Padre Jordan  – Zeloso Missionário”.  Esta Novena iniciou no dia 08 de fevereiro em comemoração aos 100 anos da morte/ressurreição do Pe. Francisco Maria da Cruz Jordan e, está sendo encerrada hoje em todos os espaços de missão salvatoriana. Reze conosco esta novena:

08 de outubro de 2018
Venerável Servo de Deus
Pe. Francisco Maria da Cruz Jordan
Zeloso missionário.

“Senhor, que eu esteja sempre abrasado de um grande amor por Ti, e que eu inflame a todos! Que eu seja um facho ardente que arde e ilumina. Ó Deus, atende-me pelos merecimentos de teu Filho Crucificado!” (DE II 20,2)

Comentarista: Vamos iniciar este momento de oração invocando a Santíssima Trindade: Em nome do Pai, + do Filho e do Espírito Santo. Amém.
Comentarista: Pe. Jordan sempre teve muito claro que a nossa vida como Família Salvatoriana estava intimamente ligada à missão. Sempre deixou claro que todo salvatoriano e salvatoriana têm a missão de anunciar Jesus Cristo como único Salvador. E também faz parte da missão desta Família ensinar a todos sem distinção as verdades eternas utilizando de todos os modos e meios que a caridade de Cristo inspira.
Leitor1: (Globo) Na casa Mãe dos Salvatorianos tem um globo que faz parte do acevo do museu com alguns pertences deixados pelo padre Jordan. Esse globo estava sempre à mesa que ficava defronte ao Pe. Jordan. Os que conviveram com o Pai Fundador diziam que ele ficava um bom tempo contemplando o globo e sonhando com a possibilidade de um dia enviar missionários e missionárias para todos os países.
Todos – canto: No peito eu levo uma cruz e no meu coração o que disse Jesus.
Leitor2: (Pe. Jordan e uma vela): Iremos agora acender uma vela pedindo a Jesus Cristo que da mesma forma que Jordan deixou-se guiar pela luz de Deus, nós também possamos estar disponíveis a seguir as pegadas do Divino Salvador como fiéis discípulos missionários.
Todos – canto: No peito eu levo uma cruz e no meu coração o que disse Jesus.
Leitor3: (Tecidos ou folhas de papel com as cinco cores dos continentes). Hoje a Família Salvatoriana se encontra nos cinco continentes. A cor vermelha evoca os primeiros habitantes, os
índios de toda a América, o sangue dos mártires e dos inocentes. Que sejamos Igreja defensora dos pobres e lutemos pela justiça social, paz, solidariedade e integridade da criação. (Países onde a
Família Salvatoriana está presente: América do Sul: Brasil, Colômbia, Equador, Peru, Venezuela, Uruguai, Suriname – América do Norte: Estados Unidos, Canadá, México. América Central:
Guatemala). Rezemos pela Família Salvatoriana presente no continente americano.

Todos – canto: Vai, vai missionário do Senhor, vai trabalhar na messe com ardor. Cristo também chegou para anunciar: não tenhas medo de evangelizar.
Leitor1: Somos convidados a acolher a A cor verde que lembra as imensas florestas da África: Façamos comunhão com os povos deste continente. A Igreja coloca na África as suas esperanças
devido ao entusiasmo com o qual suas populações acolhem a mensagem do Evangelho. Rezemos por todos os missionários e missionárias que ali anunciam Jesus Salvador. (Países onde a Família
Salvatoriana está presente: Moçambique, Congo, Quênia, Camarões, Comores, Tanzânia e Zâmbia). Rezemos pela Família Salvatoriana presente no continente africano.
Todos – canto: Vai, vai missionário do Senhor, vai trabalhar na messe com ardor. Cristo também chegou para anunciar: não tenhas medo de evangelizar.
Leitor2: Acolhamos agora A cor branca que evoca os povos originários do continente europeu. Rezemos por todos os que vivem na Europa, de onde partiram tantos missionários, mas carece hoje de uma nova evangelização e de vocações apostólicas. Rezemos, em particular, pela reafirmação dos valores cristãos, para que se terminem as fronteiras pela acolhida dos imigrantes e refugiados que ali chegam diariamente. (Países onde a Família Salvatoriana está presente: Inglaterra, Tirol Sul, Áustria, Albânia, Bélgica, Alemanha, Eslováquia, Hungria, Itália, Polônia, Romênia, Ucrânia,
Bielorrússia, República Checa, Irlanda, Montenegro, Rússia, Escócia, Espanha, Suíça, Reino Unido). Rezemos pela Família Salvatoriana presente no continente europeu.
Todos – canto: No peito eu levo uma cruz e no meu coração o que disse Jesus.
Leitor3: Acolhamos A cor azul que lembra as águas azuis dos vastos mares da Oceania. Rezemos por todos os que vivem neste continente formado por milhares de ilhas, cujo acesso dificulta o trabalho missionário, originando que muitas pessoas nunca tenham ouvido falar de Jesus Cristo. (País onde a Família Salvatoriana está presente: Austrália). Rezemos pela Família Salvatoriana presente no continente da Oceania.
Todos – canto: No peito eu levo uma cruz e no meu coração o que disse Jesus.
Leitor1: Vamos agora acolher agora cor amarela que evoca os povos originários do continente asiático, berço das antigas civilizações, culturas e religiões. Rezemos pela vida desses povos que
vivem no continente asiático. É o continente onde Jesus semeou o Evangelho e o seu sangue, mas onde Ele é menos conhecido e amado. Foi para a Índia que Pe. Jordan enviou os primeiros grupos de missionários e missionárias. Imploramos ao Senhor a paz, a justiça, o diálogo entre esses povos que vivem em constante conflito e guerra. Pelas famílias que precisam enfrentar todos os tipos de perigo para fugir da miséria, violência e perseguição. (Países onde a Família Salvatoriana está presente: Índia, Filipinas, Israel, Jordânia, Malásia, Paquistão, Palestina, Sri Lanka, Vietnã, Taiwan). Rezemos pela Família Salvatoriana presente no continente asiático.
Todos – canto: Vai, vai missionário do Senhor, vai trabalhar na messe com ardor. Cristo também chegou para anunciar: não tenhas medo de evangelizar.
Comentarista: Catemos juntos: Tua voz me fez refletir

1. Quando chamaste os doze primeiros pra te seguir, sei que chamavas todos os que haviam de vir.
Tua voz me fez refletir, deixei tudo pra Te seguir, nos Teus mares eu quero navegar
2. Quando pediste aos doze primeiros: Ide e ensinai. Sei que pedias a todos nós: Evangelizai!
3. Quando enviaste os doze primeiros de dois em dois, sei que enviavas todos os que viessem
depois.

ORAÇÃO INICIAL – CHAMADO E RESPOSTA (livro preces salvatorianas, oração 51, página 65)
Todos: Senhor Jesus Cristo, Salvador do mundo, em todos os tempos chamas homens e mulheres que, a exemplo dos Apóstolos, se empenham para que todos te conheçam e encontrem em ti a salvação. Escolheste Francisco Jordan como zeloso e fiel servidor do anúncio apostólico. Pela intercessão de Maria, Mãe do Salvador e Rainha dos Apóstolos, te pedimos: como concedeste a teu servo Francisco, dá também a nós, seus filhos e filhas espirituais, uma inabalável confiança em tua amorosa Providência, zelo apostólico por teu Reino, dedicação no serviço aos irmãos e irmãs, e coragem para te seguir. Pela intercessão de teu servo Francisco, atende nossas preces, e ajuda-nos em nossas necessidades. Amém.
Rezando com a Palavra de Deus: Mt ,28 19
Leitor 1: Portanto, vão e façam com que todos os povos se tornem meus discípulos, batizando-os em nome do Pai, do Filho, e do Espírito santo, e ensinando-os a observar tudo o que ordenei a vocês. Eis que eu estarei com vocês todos os dias, até o fim do mundo. (Momento de contemplação) Refletir o que a Palavra de Deus está nos falando hoje.
– Breve momento de partilha
Comentarista: Padre Jordan deixa para Família Salvatoriana uma regra de vida que ficou conhecida como regra de 1884, devido ela ter sido escrita no respectivo ano.
Lado 1: Caríssimos, ensinai todos os povos, especialmente os pequeninos, a conhecer o Deus verdadeiro e aquele que ele enviou, Jesus Cristo. Conjuro-vos diante de Deus e de Jesus Cristo que
julgará os vivos e os mortos, pela sua aparição e pelo seu Reino: proclamai a Palavra de Deus, insisti no tempo oportuno e inoportuno, repreendei, suplicai, exortai com toda paciência e doutrina.
Lado 2: Ide, e com perseverança, dizei ao povo todas as palavras de vida eterna. Anunciai e escrevei a todos, sem cessar, a doutrina celeste. Esta é a vontade de Deus, caríssimos, que todos conheçam as verdades eternas. Suplico-vos, que não vos esquiveis de anunciar todo o desígnio de Deus, para que possais dizer com São Paulo: estou inocente do sangue de todos.
Todos: Não deixeis, dia e noite, de exortar cada um, até mesmo com lágrimas. Não percais nenhuma oportunidade para anunciardes e ensinardes a todos a doutrina de Deus, publicamente e de casa em casa.
Rezando com a Família Salvatoriana hoje

Leitor 1: – “Enquanto ainda houver sobre a terra um único ser humano que não conhece a Deus e não o ama sobre todas as coisas, não poderás sossegar por um instante sequer”. Pe. Jordan era um homem em saída, um zeloso missionário empenhado no anúncio do Evangelho, na defesa da vida de toda a criação. Este legado será sempre um mandato para toda a Família Salvatoriana. Em cada tempo e lugar precisamos atualizar os meios para chegar a esse fim. A humanidade de ontem e de hoje é sedenta de experiência de Deus, sejamos zelosos/as missionários/as.” Ir. Verônica Fraskoviaki (Religiosa Salvatoriana, teóloga e agente de pastoral – Lages/SC)
Todos: Bem aventurados/as os/as quem anunciam o Divino Salvador.
Leitor 2: – “Os caminhos da missão se abrem a cada dia, cada curva, cada encontro. Somos bons e zelosos missionários quando aceitamos os caminhos que o Salvador nos propõe, quando nossa vontade é conduzida pelo amor universal e quando encontramos a liberdade de sentir a dor e o prazer de servir. Quando ainda houver medo, lembramos o que Pe. Francisco Jordan nos dizia (em PE 152): “Meditai o que fez o Salvador pela Salvação das almas. Contemplai o que fizeram os santos Apóstolos pela salvação das almas”. Pe. Cesar Augusto Cordeiro de Barros,sds (Pós graduado em Espiritualidade, Religioso Salvatoriano, Missionário em Moçambique)
Todos: Bem aventurados/as os/as quem anunciam o Divino Salvador.
Leitor 3: – “Cristãos que fazem missão servindo a Deus deve ter zelo missionário pela obra da salvação, ao anunciar e viver o evangelho na família, no trabalho, escola e igreja, faça com muita alegria e disposição sobretudo com amor pelo nome e glória de Deus, é importante nos dias de hoje cuidar-se e dedicar-se para a edificação da igreja e testemunhar a vida perante a comunidade.” Valdimar Mendes Xavier, Coordenador do grupo de Leigos Rainha dos Apóstolos, Catequista e da Pastoral do dizimo da Paróquia Senhora Sant´Ana Coelho Neto – MA.
Todos: Bem aventurados/as os/as quem anunciam o Divino Salvador.
Comentarista: Cantemos – A Barca.
1. Tu, te abeiraste da praia, não buscaste / nem sábios nem ricos. Somente queres que eu te siga.
Senhor, Tu me olhaste nos olhos, a sorrir, pronunciaste meu nome,
Lá na praia, eu larguei o meu barco, junto a Ti, buscarei outro mar.
2. Tu, sabes bem que em meu barco, eu não tenho nem ouro e nem espadas, somente redes e o meu trabalho.
3. Tu, minhas mãos solicitas, meu cansaço que a outros descanse, amor que almejas, seguir te amando.
4. Tu, pescador de outros lagos, ânsia eterna de almas que esperam, bondoso amigo que assim me chamas.
Rezando com a Igreja:
Comentarista: Vamos agora acolher o início do texto das alocuções de número 01 que relata a experiência vivida pelo Padre Jordan ao enviar os primeiros missionários além fronteira, missão em Assam na Índia, no dia 17 de janeiro de 1890.
Leitor 1: Um duplo sentimento inunda hoje nossa alma: um sentimento de dor e de alegria. De dor, se consideramos que nossos caros confrades se despedem de nós. A alegria, porém, nos invade quando ponderamos que eles partem para a Ásia, para o país que é o berço da humanidade, para ali anunciarem o Cristo Crucificado. Por intermédio destes nossos confrades, os primeiros a serem enviados por nossa Sociedade, queremos levar a esses povos a paz, a Boa-Nova do Evangelho. Essa alegria deve sobrepujar, e em muito, a dor da separação.

Todos cantam: É missão de todos nós Deus chama, eu quero ouvir a sua voz!
Leitor 2. Dirijam-se, pois, para a árdua luta que os aguarda. Sim, será uma luta desafiadora! Vocês vão ter de enfrentar os maiores e mais temíveis inimigos da humanidade: o mundo e o demônio! Mas eu lhes confio uma arma com a qual vocês hão de ser sempre vitoriosos, uma arma diante da qual o inferno estremece. Quando o imperador Constantino marchou contra Maxêncio, viu, no céu, um sinal com a inscrição: “Neste sinal vencerás”. O sinal era a Cruz. Neste sinal também vocês hão de ser vitoriosos junto aos povos e sobre o inferno!
Todos cantam: É missão de todos nós Deus chama, eu quero ouvir a sua voz!
Leitor 3: As obras de Deus só vingam à sombra da cruz. Vocês devem salvar almas com trabalho, canseira, suor e, possivelmente, até com o próprio sangue! E se, por vezes, isto lhes parecer difícil, ergam o olhar ao Divino Mestre, pendente na cruz, entre o céu e a terra, abandonado por Deus e pelos
homens!
Todos cantam: É missão de todos nós Deus chama, eu quero ouvir a sua voz!
Leitor 4: Repito: quanto maiores os sofrimentos, tanto maior o sucesso! Mesmo que nos planos da Providência constasse que vocês devem derramar, como mártires, o próprio sangue, olhem para a cruz e não lhes parecerá difícil! E o sucesso não há de faltar! Mesmo que vocês não pudessem experimentálo em vida, estejam firmemente convencidos de que Deus há de abençoar seus trabalhos em prol daqueles que os irão suceder!
Todos cantam: É missão de todos nós Deus chama, eu quero ouvir a sua voz!
Leitor 1: Partam, pois, em nome de Deus! Permaneçam sempre unidos aos irmãos, até que nos saudemos novamente, lá no alto, em meio à eterna alegria e deslumbramento!
Tempo de contemplação. (Instantes de Silêncio)
SOL DA JUSTIÇA
(Número 04 do livro Preces Salvatoriana, CIS 54)
Senhor Jesus Cristo, Sol da Justiça, ilumina e abrasa minha vida para que meus passos sejam como a luz da manhã, que caminha e cresce em direção à plenitude do dia.
Ó Salvador de todos, que eu esteja sempre abrasado de um grande amor por ti, e que eu inflame a todos. Que eu seja um facho que arde e ilumina!
Senhor Jesus Cristo, recebe minha vida e tudo o que possuo! Eis-me aqui: envia-me!
Mostra-me os caminhos para conduzir todos a Ti e, com a tua graça, salvar a todos! Ó Salvador do
mundo! Ó Salvador de todos! Sê nosso Salvador! Amém.

Bênção de Padre Jordan:
Abençoe-vos Deus Todo Poderoso: Pai, Filho e Espírito Santo.

Outros conteúdos