Notícias

PAPA FRANCISCO REZA PELA PAZ NA UCRÂNIA: “POR FAVOR, NUNCA MAIS A GUERRA!”

Nesta quarta-feira, 26 de janeiro, a Igreja é convidada pelo Papa Francisco a dedicar-se à oração pela paz, lembrando das tensões que cercam a região da Ucrânia. Na audiência geral da manhã de hoje, Francisco motivou o pedido ao Senhor “com insistência que aquela terra possa ver florescer a fraternidade e superar feridas, medos e divisões”.

Ao final da sua catequese, na qual refletiu sobre “São José, homem que ‘sonha’”, o Papa convidou os presentes na Sala Paulo VI a rezarem o Pai Nosso naquele momento e a fazê-lo muitas vezes durante este dia. Francisco lembrou que na Ucrânia foram aniquiladas mais de cinco milhões de pessoas, de 1932 a 1933.

“É um povo sofredor; sofreu a fome, sofreu tantas crueldades e merece a paz. Que as orações e súplicas, que hoje se elevam ao Céu, toquem as mentes e os corações dos responsáveis na terra, para que façam prevalecer o diálogo, e o bem de todos seja colocado acima dos interesses de parte. Por favor, nunca mais a guerra!”

No último domingo, ao convidar para este dia de oração, o Papa manifestou-se preocupado com o aumento das tensões “que ameaçam infligir um novo golpe à paz na Ucrânia e põem em questão a segurança do continente europeu, com repercussões ainda mais vastas”. O apelo do pontífice é que todas as pessoas de boa vontade “elevem orações a Deus Todo-Poderoso, a fim de que todas as ações e iniciativas políticas sirvam a fraternidade humana e não os interesses partidários”.

“Aqueles que perseguem os próprios objetivos em detrimento dos outros desprezam a sua vocação de seres humanos, porque todos nós fomos criados irmãos”, exortou Francisco.

Outros conteúdos