Notícias

2º DIA DO XXV CAPÍTULO PROVINCIAL

O segundo dia do Capítulo iniciou com o momento orante, que enfatizou o verbo OUVIR, convidando a assembleia capitular a escutar com ouvido de discípula/o Deus que nos fala através da criação, da sua Palavra e das diferentes realidades que nos cercam. A perceber que o caminho para a escutar é educar a vida para a interioridade, redescobrindo a capacidade de admiração e sentir a presença de Deus que se revela em todos.

Na sequência, os grupos partilharam as experiências “em saída” vivenciadas com os pobres e diante do sofrimento na e pós pandemia neste quadriênio, ressaltando as experiências de Deus neste tempo.

Após, foi trabalhado o tema “chamadas e enviadas a cooperar com a Missio Dei “, com a assessora Ir. Regina da Costa Pedro, da Congregação Missionárias da Imaculada (PIME). Na sua abordagem ressaltou que a cooperação exige do missionário um esvaziamento, pois a missão é de Deus e o protagonista é o Espírito Santo. Ser missionário, é ser presença, uma presença amiga, amorosa, profética e crítica.  Na oportunidade, enfatizou que a comunhão é missionária e a missão é para gerar comunhão no mundo que clama por misericórdia, perdão e amor.

No final da manhã, a Ir. Renária Bezerra da Silva, Conselheira Geral, partilhou com todos a dimensão missionária da Congregação das Irmãs do Divino Salvador no mundo. Na sua fala destacou que as Irmãs estão presentes em 04 continentes (África, Américas, Ásia e Europa), em 26 países e atualmente são 173 comunidades religiosas no mundo e 913 irmãs, 28 noviças e 32 postulantes. Na oportunidade, evidenciou os apostolados desenvolvidos pelas irmãs nos diferentes continentes, respondendo o apelo de uma “Igreja em Saída”.  Por fim, destacou que a beatificação possibilitou maior dinamismo missionário em toda a Congregação e Família Salvatoriana.

No início da tarde, foi dinamizado um momento orante com a temática “escutar a força da vida que venceu a morte”, recordando a vida doada das irmãs que partiram para eternidade, fazendo memória nominalmente, as que partiram neste quadriênio de 2019-2022, ao todo 25 irmãs. Entre cantos e orações foram levadas rosas representando cada vida ofertada. Agradecidas por nossas irmãs que viveram e escreveram suas histórias e testemunharam a doação, a entrega, o sim ao chamado de amor a Deus.

A seguir, iniciou o discernimento vida-missão e Documento Final do XXV Capítulo Provincial, em que participou o Pedagogo e Doutor em Sociologia Ricardo Mariz, que introduziu uma reflexão sobre as mudanças e o sentido deste novo modelo do documento. Ir. Dulcelene Ceccato, facilitadora, orientou o trabalho de grupo para estudo e discernimento.

No final da tarde, a assembleia capitular participou da Celebração Eucarística, presidida pelo Padre Francisco Sydney de Macêdo Gonçalves, superior provincial dos salvatorianos. A missa foi dinamizada pelo Regional de Passo Fundo.

O dia culminou com a noite cultural.

Outros conteúdos