Médicos

Cirurgia Plástica com Dr. Flávio Burg

Olá queridos(as)! Como estão? Esse ano vem sendo fantástico para mim e minha equipe. Crescimento extraordinário, metas alcançadas e planos de fazer o ano que vem ainda melhor! Por isso, esse é um momento muito oportuno pra expressar minha gratidão a vocês, pessoas maravilhosas que tanto influenciam o meu trabalho, me dando cada vez mais energia para sempre buscar e oferecer a excelência.

Aliás, essa palavra está no meu propósito profissional como Cirurgião Plástico: adquirir cada vez mais sabedoria para manter a busca da excelência não como uma necessidade, mas sim como um estilo de vida.

Antes de seguir com o artigo, te convido, agora, para fazermos uma reflexão. Abaixo, farei algumas perguntas e quero te pedir a repondê-las com a verdade, fazendo uma pausa para refletir entre uma resposta e outra.

          Como está a sua vida hoje?

          Como você vê o seu corpo?

          Ao se olhar no espelho, qual o sentimento que logo vem a mente? De alegria ou de frustração?

          O que vc tem feito para mudar ou melhorar ainda mais esse sentimento?

          O quanto você, sinceramente, tem se dedicado para que isso aconteça?

Imaginem a possibilidade de, através da Cirurgia Plástica, poder impactar vidas, aumentar a felicidade com o corpo melhorando sua estética, trazendo qualidade de vida em abundância.

Agora, imaginem o quanto uma cirurgia plástica pode ajudar alguém a se sentir bem, feliz, mais confiante com sua auto-estima. É exatamente isso que percebo no meu dia-a-dia e sou muito grato por isso! A FELICIDADE e a GRATIDÃO me contagiam sempre e são, sem a menor dúvida, o combustível mais forte de todos para a minha vida. Foram esses sentimentos que me instigaram a retribuir a vocês, dando um presente através desse artigo.

Qualquer cirurgia plástica é capaz de proporcionar isso e a Prótese de Mama é uma das preferidas.

Dados oficiais mais recentes sobre o assunto são de 2015, quando a ISAPS (International Society of Aesthetic Plastic Surgery) demonstrou que o Brasil está em 2º no Ranking Mundial de Cirurgias Plásticas realizadas com um total de 1.224.300 cirurgias naquele ano, atrás somente dos EUA (1.414.335 cirurgias). A cirurgia de Lipoaspiração foi a mais realizada por aqui (182.785 cirurgias) seguida de perto pela prótese de mama (158.950 cirurgias).

Também conhecida como Mamoplastia de Aumento, a Prótese de Mama utiliza implantes de silicone para dar volume aos seios ou restaurar o tamanho mamário perdido após perda de peso ou gravidez, dando projeção e contorno natural do colo. Geralmente é uma cirurgia rápida com duração média de 40 minutos. Pode ser realizada com anestesia geral ou local com sedação. A recuperação tende a ser mais rápida do que a maioria das outras cirurgias. Cuidados com o esforço e na movimentação dos braços  são necessários principalmente nos primeiros 15 dias.

Então, como prometido, aqui vai o presente! Entenda, agora, as 6 escolhas que você precisa ter antes de colocar uma prótese de mama.

Mas antes te digo que as informações abaixo foram baseadas na minha experiência profissional assim como na minha rotina diária, que é bem semelhante a da maioria dos Cirurgiões Plásticos Especialistas pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Usei também todo o conhecimento que adquiro sempre em Congressos, leitura constante de trabalhos científicos e de livros com literatura especializada.

ESCOLHA DO TIPO

          Existem 3 tipos de próteses de mama: as lisas, as texturizadas e as de poliuretano. As próteses lisas foram as primeiras. Criadas pelos cirurgiões americanos Cronin e Gerow, tem sua primeira data de uso em 1962, sendo colocadas em uma mulher de 30 anos com sucesso. Hoje em dia, seu uso diminui drasticamente pelo alto índice de complicações.

As texturizadas são as próteses de mama mais vendidas em todo o mundo. São de uso fácil e possuem um excelente aceitação do organismo. De uma maneira geral, possuem o inconveniente de necessitarem ser trocadas a cada 10 anos.

Já as de poliuretano são próteses texturizadas que recebem uma cobertura externa de poliuretano, responsável por diminuir muito a incidência de uma complicação chamada contratura capsular, onde pode ocorrer deformidade da mama, podendo ser necessário trocar as próteses nos casos mais avançados. Como aderem mais aos tecidos, podem ser usadas também quando objetivo é de melhorar a sustentação das mamas.

ESCOLHA DO TAMANHO

          Agora, escute e penseVerdadeiramente, você já ouviu alguém dizendo “minha amiga colocou 350ml e ficou lindo! vou colocar também!”? Essa maneira de pensar está errada e é MUITO perigosa e já digo porque. A escolha do TAMANHO IDEAL da prótese depende de algumas medidas do tórax. E, como todos nós somos diferentes, nossas medidas também são! São elas:

– Distância fúrcula esternal – mamilo (seta amarela)

– Distância entre os mamilos (seta vermelha)

– Distância mamilo – sulco mamário (seta azul)

– Distância entre as mamas (seta verde)

– Tamanho da base da mama (círculo pontilhado)

 

 

Na prática, para entender é muito simples. Sempre dou o exemplo do sapato! Para cada número de sapato existe um tamanho ideal de pé correspondente. Se o pé for menor ele fica frouxo ou “sambando”. Se for maior ele ou não entra ou fica apertado, inflama, incha, dói, dá calo. É a mesma coisa com a prótese. Cada tipo de mama tem uma variação possível de tamanhos ideais de próteses. Se ela eh muito pequena pode ser que não preencha toda a mama e se ela for muito grande talvez não entre, aperte e inflame. Por isso, muito cuidado ao utilizar resultados de pessoas próximas como maneira de escolher o tamanho da prótese que você gostaria.

ESCOLHA DO FORMATO

          Fale para mim! Sinceramente, quantas vezes você já ouviu falar que a mama mais bonita é a que tem o formato “em gota”? Vou te mostrar que tal informação não é tão verdadeira assim. Tire suas próprias conclusões!

Veja, vou simplificar para você! Basicamente, as prótese são feitas em três formas: redonda, cônica, anatômica.

Redonda = A primeira a ser criada e é a mais utilizada. Por que? Porque ela consegue preencher toda a mama, dando projeção para todas as suas áreas. Ela também define melhor o colo mamário, dando aquela “voltinha” natural na região superior da mama. Então, se você sonha em ter tudo isso, essa é a sua prótese!

Cônica = Excelente para projetar as aréolas. Ruim para definição do colo por ter a região superior da prótese mais reta (semelhante a um cone!). Usada em alguns casos de exceção.

Anatômica = Também conhecida como Natural ou “em gota” (chegou a hora dela!!). De todas as três é a que menos dá projeção para as aréolas e a que mais NÃO dá contorno pro colo da mama, pois sua região superior é totalmente reta e sem contorno. De uma maneira geral, é mais utilizada nos casos de pacientes que passam por cirurgia de reconstrução após retirada de câncer de mama, tendo pouca indicação para Mamoplastia de Aumento.

 

ESCOLHA DO PERFIL

          Antigamente as próteses vinham em projeções menores – BAIXA e MÉDIA (ou MODERADA). Com o passar do tempo, começou-se a observar que as próteses mais projetadas deixavam o colo mais desenhado e bonito deixando a mama menos espalhada.

Sabe aquelas próteses que vão em direção a axila, que dão a aparência da pessoa ter ganhado peso fazendo ela se sentir mais gordinha? Pois então, viu-se que isso poderia ser corrigido diminuindo a largura da prótese e aumentando a sua projeção. Assim, surgiram as próteses de projeção ALTA, SUPER-ALTA (ou EXTRA-ALTA) e DISTENDIDA que são as mais usadas hoje em dia. Porém, as próteses de média e baixa projeções ainda possuem suas indicações muito bem estabelecidas em alguns casos de mamoplastia de aumento ou em outras cirurgias da mama. Outra situação é quando as aréolas são muito lateralizadas onde o uso de próteses de projeção super-alta não é tão bem indicado, com o risco de lateralizar ainda mais.

Saiba que próteses com volumes iguais podem ter medidas diferentes dependendo das projeções. “Hmm, agora ficou meio confuso Dr. Flávio”. Relaxe, já te explico! E a tabela abaixo, que possui suas medidas em milímetros, vai ser fundamental para seu entendimento. Vamos pegar o exemplo do volume em destaque, 200ml. Quanto mais a largura (diâmetro) da prótese diminuir, sobra mais volume para se utilizar na projeção. Em resumo, a medida que o perfil da prótese aumenta, sua largura diminui e sua projeção aumenta.

Assim, se você sonha em ter um colo bem desenhado e com as aréolas projetadas a escolha de perfis maiores é o que você precisa buscar.

pasted-image

ESCOLHA DA INCISÃO

          O local onde será feita a incisão, através da qual é colocado o implante, pode variar e para a sua escolha deve ser levado em conta o que você deseja e a indicação do Cirurgião Plástico. Aí vai o Top 3 das incisões mais realizadas!

1) Incisão no sulco mamário ou inframamária: De tamanho entre 4-5cm (em média), ela é de fácil acesso ao local onde se vai colocar a prótese. Possui a vantagem de fornecer uma ótima visualização da área da cirurgia o que torna muito mais fácil o controle do sangramento e a realização do descolamento dos tecidos. Coloca a incisão no sulco mamário, facilmente escondida pelo biquíni ou sutiã.

2) Incisão areolar: Feita no contorno inferior da aréola. Mais indicada nas aréolas maiores. Quando bem realizada fica praticamente imperceptível após a cicatrização.

3) Incisão transaxilar: Desenvolvida para esconder a incisão na região da axila. Como precisa criar um túnel até a mama, para a colocação do implante, o controle do sangramento pode ficar mais prejudicado e existe uma chance a mais da prótese lateralizar. A região da axila é muito sensível e, por isso, é normal a paciente sentir dor por alguns dias nessa área, diferentemente das outras duas incisões que não mexem na axila.

 

ESCOLHA DO PLANO

 

“Dr. me diga então, a prótese vai acima ou embaixo do músculo?” Essa é uma pergunta clássica e muito importante. Você vai perceber como é simples e fácil chegar na resposta e eu vou te provar isso AGORA.

Na imensa maioria das vezes, a prótese tem como indicação ser colocada no plano Retroglandular, por ser mais prático e ter o pós-operatório mais tranquilo.

Todas as vezes que a mama tiver uma cobertura (de pele, gordura e glândula) muito fina, o músculo peitoral pode ser descolado para recobrir a prótese. Essa cobertura pode ser total (plano Submuscular Total = cada vez usado menos) ou somente do polo superior da prótese (Dual-Plane = cada vez usado mais). Ainda é bem controverso o fato de utilizar a cobertura do músculo para sustentar a mama, pois a principal indicação do uso desses dois planos é amenizar o contorno do colo, deixando-o mais natural.

O plano Subfascial está em desuso por ser de difícil confecção e ter seus resultados muito semelhantes ao plano Retroglandular.

IMG_6918Estamos chegando ao fim e agora peço que pare um pouco. Respire! E preste muita ATENÇÃO nessa dica importante!

Todo cirurgião plástico, durante sua formação, passa por um treinamento diário por anos. Ao final de todo esse treino, ele precisa ser aprovado como Especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica em uma prova extremamente difícil, com um índice de reprovação em torno de 45%. Após isso, aí sim ele poderá te atender e estar apto a te ajudar a alcançar seus objetivos. “Mas entre tantos médicos, como vou saber se ele é ou não Especialista?”. Muito simples, só acessar o site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (www.cirurgiaplastica.org.br). Vá na opção “Procure seu Cirurgião” e digite o nome dele. Se o nome do médico escolhido por você não aparecer, “ABRA SEUS OLHOS”, pois o profissional NÃO É Especialista em Cirurgia Plástica.

Agora, para manter a promessa de entregar com excelência, quero te dar mais do que o esperado. Vou te passar um conteúdo exclusivo sobre

“Como fazer uma lipoaspiração sem medo?”

Para isso, você precisa até o dia 25/12, mandar uma mensagem para o WhatsApp da clínica (49) 99121-8641 com a frase “quero ganhar o meu presente”. Mas não esqueça, é somente até o dia 25.

Então amigos(as), como foi? Eu posso adiantar que, para mim, foi fantástico!! Procurei ir direto ao ponto com você e, sinceramente, desejo que essas 6 escolhas te ajudem a obter exatamente o resultado que você sonha. Eu acredito fielmente que é possível SIM transformar vidas com uma cirurgia plástica, deixando a auto-estima lá em cima, trazendo cada vez mais felicidade e fazendo você se sentir ainda mais confiante para impactar TODAS as áreas da sua vida. Te desejo, com sinceridade, sucesso e que você se torne exatamente aquilo que está dentro do seu coração!!

Gratidão imensa a todos vocês!! Até a próxima!

Flávio Burg