• Colégio Salvatoriano Nossa Senhora de Fátima
  • Colégio Salvatoriano Imaculada Conceição
  • Colégio Salvatoriano Bom Conselho

Pastoral Escolar

Somos um Colégio em Pastoral.

O que isto significa?

A vida, as palavras e os ensinamentos de Jesus Cristo são extremamente educativos, provocadores e mobilizadores de novas posturas, tomada de consciência e testemunho daqueles que o aceitam. Por isso, ser um Colégio “em Pastoral” significa aprender, reaprender e vivenciar cotidianamente o modo de ser, pensar, falar e agir do próprio Cristo, o Bom Pastor.

Como uma instituição eclesial no campo da cultura e educação, empenhamo-nos em desenvolver um processo educativo-evangelizador que leve em consideração as dimensões afetiva, psíquica, cognitiva, física e espiritual de todos os educandos, educadores e familiares.

A Pastoral Escolar, portanto, é ação evangelizadora e pedagógica que procura fazer do Colégio:

Oratório

O Oratório do CSNSF foi inaugurado em 04 de novembro de 2010, pelo então Arcebispo Metropolitano de Florianópolis, Dom Murilo Sebastião Ramos Krueger (hoje Arcebispo Primaz do Brasil), em uma Solene Celebração Eucarística de Bênção do Oratório de nosso Colégio.

ORATÓRIO: É um lugar destinado ao culto divino, com licença do Ordinário (Arcebispo Metropolitano), em favor de uma comunidade ou grupo determinado de fiéis (em nosso caso: estudantes, educadores e familiares).

O Oratório de nosso Colégio é o espaço para viver o mistério da salvação (a Páscoa de Jesus); espaço para o encontro de irmãos e irmãs; espaço da Palavra que se encarna e da Eucaristia que nos alimenta e salva; lugar de reconciliação e da profecia; lugar da vida nova e do amor; lugar da cruz e da ressurreição; lugar de adoração e louvor; lugar do compromisso e da partilha; lugar da festa e do silêncio; lugar do repouso e da ação salvífica; lugar da presença do “invisível”, a “tenda de Deus Conosco” (Ap 21, 3); lugar da tensão e da vigilância para com a criação e a redenção da vida; lugar da transfiguração e espaço do mistério que nos envolve e transforma.

Elementos Essenciais

  • O ALTAR

    O altar é o principal elemento do espaço sagrado, a razão de ser deste espaço.

    A razão é simples: o altar re-presenta (traz-nos sempre presente à memória) aquilo que é mais sagrado para nós, Cristo, em sua entrega total por nós, ontem, hoje e sempre.

    Os significados simbólicos principais do altar são: ser representação da mesa da última ceia, ser símbolo da própria cruz sobre a qual foi oferecido o sacrifício redentor e ser símbolo do próprio Cristo.

    Esta mesa de pedra (símbolo da solidez e perpetuidade) assinala para "a pedra que os construtores rejeitaram" e, não obstante, "tornou-se a pedra angular" (S1 118,22).

    As cinco cruzes gravadas na pedra do altar correspondem às cinco Chagas do Redentor como fontes do sangue salvífico.

    Deus nos manifesta a presença do Sacrifício de Cristo na centralidade simbólica do altar.

  • A MESA DA PALAVRA

    Cristo está presente “pela sua palavra, pois é Ele mesmo que fala quando se lêem as Sagradas Escrituras  na igreja” (SC 7).

    “A dignidade da Palavra de Deus requer, na igreja, um lugar condigno de onde possa ser anunciada e para onde se volte espontaneamente a atenção dos fiéis no momento da liturgia da Palavra” (IGMR n.309)

  • A SÉDIA (CADEIRA PRESIDENCIAL)

    Ao presidir a celebração, ao elevar  a oração a Deus, em nome de todos, ao explicar a Palavra de Deus à comunidade,  o sacerdote age em nome de Cristo.
    Esta cadeira presidencial (Sédia) deve expressar e valorizar o ministério da presidência. Não é um trono, pois o presidente das celebrações cristãs é sempre um servidor.

  • O ESPAÇO DA ASSEMBLÉIA

    Mais que um mero ajuntamento de pessoas, a assembléia litúrgica é uma comunhão de homens e mulheres, dispostos a ouvir atentamente a palavra de Deus e celebrar dignamente a Eucaristia.
    Melhor ainda, a assembléia reunida: é o próprio corpo de Cristo, cujos membros somos nós.

Outros Elementos Simbólicos

  • A CRUZ PROCESSIONAL

    A cruz é o maior símbolo cristão. Sinal de salvação e vida. Está tradicionalmente presente no espaço sagrado, próxima do altar, pois, é no altar que é atualizado, sacramentalmente, o sacrifício de Cristo.
    A cruz está no caminho e não no horizonte dos cristãos (por isso não usar uma grande cruz fixada).
    A nossa meta é a ressurreição, a glória, a vida.

  • TABERNÁCULO (OU SACRÁRIO)

    Por acreditamos na presença real de Jesus na Eucaristia, mesmo após a celebração eucarística, nós católicos, conservamos no Tabernáculo o Corpo de Cristo, presente nas hóstias consagradas.
    O Tabernáculo de nosso Oratório contém gravada uma frase do próprio Jesus: “Eu estou convosco todos os dias” (Mt 28,10) e está localizado em uma coluna central iluminada, fazendo alusão assim, à “coluna luminosa” que guiou o povo de Deus pelo deserto (cf. Ex 14,19-20).
    Hoje, é Cristo, o cordeiro de Deus, a nova Páscoa, que ilumina, sustenta e conduz nossas vidas ao amor a justiça e a paz.
    Junto ao Tabernáculo mantemos uma chama acesa que indica, simbolicamente, a presença de Cristo.

  • A ÁGUA BENTA

    Este local, logo na entrada do Oratório, lembra que “entramos” na Igreja, povo de Deus, seguidores de Jesus Cristo, no dia de nosso Batismo.
    Todas as vezes que nos persignamos com a água benta, fazendo sobre nós o Sinal da Cruz, estamos lembrando o Batismo que nos tornou “pessoas novas”, “cidadãos do céu”, configuradas à Cristo.
    Este local tem como objetivo favorecer a “passagem”, a transição, que precisamos cotidianamente fazer, saindo das realidades humanas e efêmeras e nos colocando no rumo das realidades divinas, eternas, isto é, ao encontro com o Senhor.

O Projeto Iconográfico

O que o intelecto diz com palavras, o ícone revela através de traços e cores e, de certo modo, torna presente. O projeto arquitetônico de nosso Oratório é assinado por Miriam Reichert (Arquiteta, integrante da Comissão de Arte Sacra da Arquidiocese de Florianópolis) e o programa iconográfico é de Cláudio Pastro, um dos maiores artistas sacros da modernidade, mundialmente reconhecido.

  • O PANTOCRATOR

    A palavra “pantocrator” (de origem grega) significa “todo poderoso”. Esta representação é muito antiga e significativa para os cristãos. Apresenta Cristo como Mestre (por isso, sentado), como aquele que ensina, revelando-nos o Pai.
    Jesus mesmo disse: “Quem me vê, vê o Pai”. (Jo 14,9). Ou ainda, como diz São Paulo, “Ele é a imagem do Deus invisível” (Col 1,15).
    Na mão esquerda segura a Escritura, contendo a seguinte frase em latim: “SALUS TUA EGO SUM” - “Eu sou a tua salvação”. (Sl 35,3). Esta frase é o lema da Família Salvatoriana.

  • MARIA

    Maria está intimamente ligada ao mistério de seu filho, Jesus. Sua missão está unida a dele, desde o seu nascimento até a cruz e ressurreição. Ela é á "cheia de graça", a grande discípula missionária de Jesus, modelo para a Igreja.
    Temos certeza que este Oratório é espaço sagrado da presença de Deus e da revelação do seu Amor.
    Somos chamados, todos nós, a construir a verdadeira Igreja, edificada sobre a fé dos Apóstolos, constituída de pedras vivas, tendo como fundamento Jesus Cristo, a pedra angular.
    Neste local devemos adorar a Deus em espírito e verdade.
    Este Oratório, por tudo o que ele significa que ser como nos ensina o livro do Apocalipse, “a morada de Deus com os homens” (Ap 21, 3).

Santa Missa no Colégio

O nosso Salvador instituiu na última Ceia, na noite em que foi entregue, o sacrifício eucarístico do seu corpo e do seu sangue para perpetuar no decorrer dos séculos, até ele voltar, o sacrifício da cruz, e para confiar assim à Igreja, sua esposa amada, o memorial da sua morte e ressurreição: sacramento de piedade, sinal de unidade, vínculo de caridade, banquete pascal ‘em que se recebe Cristo, a alma se enche de graça e nos é dado o penhor da glória futura’ ”. (Sacrosanctum Concilium n.47)

Tendo presente a grandeza desta graça que o próprio Divino Salvador nos oferece através da sua Igreja, nossa comunidade educativa tem a oportunidade de, mensalmente, no Oratório de nosso Colégio, participar da Santa Missa que acontece sempre das 18h15min às 19h, conforme divulgação prévia.

Escola de Pais Sagrada Família

A família sempre teve o amor, o carinho, o zelo e a atenção pastoral da Igreja, sabedora que é da rica e, ao mesmo tempo, complexa realidade que envolve esta instituição tão querida por Deus. “Um dos desafios fundamentais que as famílias enfrentam hoje é seguramente o desafio educativo, que se tornou ainda mais difícil e complexo por causa da realidade cultural atual e da grande influência dos meios de comunicação”.(AL 94).

Consciente destes desafios pelos quais passam as famílias atuais, a Igreja como mãe e educadora quer também cumprir sua missão, oferecendo às famílias “espaços de apoio e aconselhamento sobre questões relacionadas com o crescimento do amor, a superação dos conflitos e a educação dos filhos”. (AL 38)

O Colégio Salvatoriano Nossa Senhora de Fátima por ser verdadeiro espaço eclesial e por ter clareza de sua missão educativo-evangelizadora oferece aos familiares de seus estudantes a ESCOLA DE PAIS SAGRADA FAMÍLIA.

Esta Escola pretende ser um espaço de sólida reflexão e renovação da vocação à vida familiar, assumida pelos pais que tem como missão: conduzir e acompanhar o processo educacional de seus filhos, o desenvolvimento biológico, a formação ética, a educação sexual e a transmissão da fé a partir do testemunho de vida fraterna no ambiente do lar e no seio da sociedade.

Os encontros da Escola de Pais Sagrada Família acontecem sempre em uma terça-feira por mês, conforme calendário próprio, divulgado no início de cada ano, das 19h30min às 21horas, no Salão Nobre do Colégio.

Mãos Solidárias Estudantes Salvatorianos

O Projeto Mãos Solidárias é uma ação pedagógico-evangelizadora articulada pelo Serviço de Pastoral Escolar com os estudantes do 6º ano ao Terceirão. Por este Projeto procuramos fazer com que nossos estudantes possam vivenciar de forma autêntica o valor da solidariedade cristã, através do compromisso com aqueles nossos semelhantes mais sofridos e excluídos da sociedade.

Formar jovens convictos dos valores humanos e cristãos, conscientes do seu potencial e da necessidade de se engajarem em ações que promovam a dignidade, a justiça e o bem do próximo são verdadeiros pilares da Educação Salvatoriana que tem em Jesus o seu modelo inspirador. Ele que diz de si mesmo: “Eu vim para que todos tenham VIDA, e a tenham em ABUNDÂNCIA” (Jo 10, 10b)

Neste Projeto, ao longo do ano letivo, cada turma do Colégio visita uma obra social de nossa região tendo a oportunidade de se relacionar e conviver com seus irmãos e irmãs que lá estão, vivenciando o dom do amor cristão.

Pastoral Juvenil Salvatoriana

A Pastoral Juvenil Salvatoriana é uma ação evangelizadora dos Colégios Salvatorianos que tem como objetivo oferecer aos adolescentes e jovens (do 6º ano ao Terceirão), organizados em grupos por faixa etária aproximada, a oportunidade para crescerem de forma humana e cristã, de modo que estes, por um intenso processo de amizade, participação e evangelização, sejam apóstolos de seus próprios colegas, tenham as bases para darem as razões de sua fé, para o compromisso com Jesus e sua Igreja, e, além disso, para o engajamento social, segundo os valores do Evangelho.

Objetivos Específicos da PJS

a) Animar uma sadia amizade cristã entre os integrantes do grupo gerando vínculos afetivos.
b) Capacitar os adolescentes e jovens para o senso crítico diante dos contra-valores que a sociedade lhes apresenta.
c) Oferecer aos adolescentes e jovens ricas experiências com Jesus Cristo, com a Igreja, com a missão, possibilitando a vivência dos valores humanos e cristãos.
d) Contribuir no discernimento vocacional auxiliando na construção do projeto de vida.
e) Despertar, exercitar e formar lideranças para a Igreja e a sociedade.

Confira nossa Liturgia Diária