3ª-feira da 29ª Semana Do Tempo Comum

Oração do dia

Deus eterno e todo-poderoso, dai-nos a graça de estar sempre ao vosso dispor e vos servir de todo o coração. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Romanos 5,12.15.17-21)

Leitura do livro da carta de são Paulo aos Romanos.
12 Por isso, como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim a morte passou a todo o gênero humano, porque todos pecaram…
15 Mas, com o dom gratuito, não se dá o mesmo que com a falta. Pois se a falta de um só causou a morte de todos os outros, com muito mais razão o dom de Deus e o benefício da graça obtida por um só homem, Jesus Cristo, foram concedidos copiosamente a todos.
17 Se pelo pecado de um só homem reinou a morte (por esse único homem), muito mais aqueles que receberam a abundância da graça e o dom da justiça reinarão na vida por um só, que é Jesus Cristo!
18 Portanto, como pelo pecado de um só a condenação se estendeu a todos os homens, assim por um único ato de justiça recebem todos os homens a justificação que dá a vida.
19 Assim como pela desobediência de um só homem foram todos constituídos pecadores, assim pela obediência de um só todos se tornarão justos.
20 Sobreveio a lei para que abundasse o pecado. Mas onde abundou o pecado, superabundou a graça.
21 Assim como o pecado reinou para a morte, assim também a graça reinaria pela justiça para a vida eterna, por meio de Jesus Cristo, nosso Senhor.
Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial 39/40

Eis que venho fazer, com prazer, 
a vossa vontade, Senhor! 


Sacrifício e oblação não quisestes, 
mas abristes, Senhor, meus ouvidos; 
não pedistes ofertas nem vítimas, 
holocaustos por nossos pecados, 
e então eu vos disse: “Eis que venho!” 

Sobre mim está escrito no livro: 
“Com prazer faço a vossa vontade, 
guardo em meu coração vossa lei!” 

Boas novas de vossa justiça 
anunciei numa grande assembléia; 
vós sabeis: não fecheis os meus lábios! 

Mas se alegre e em vós rejubile 
todo ser que vos busca, Senhor! 
Digam sempre: “É grande o Senhor!” 
os que buscam em vós seu auxílio.

Evangelho (Lucas 12,35-38)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Vigiai e orai para ficardes de pé ante o Filho do Homem! (Lc 21,36)


Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.
12 35 Disse Jesus: “Estejam cingidos os vossos rins e acesas as vossas lâmpadas.
36 Sede semelhantes a homens que esperam o seu senhor, ao voltar de uma festa, para que, quando vier e bater à porta, logo lha abram.
37 Bem-aventurados os servos a quem o senhor achar vigiando, quando vier! Em verdade vos digo: cingir-se-á, fá-los-á sentar à mesa e servi-los-á.
38 Se vier na segunda ou se vier na terceira vigília e os achar vigilantes, felizes daqueles servos!”
Palavra da Salvação.

Comentário ao Evangelho

COM OS RINS CINGIDOS

A ordem de Jesus – “estejam com os rins cingidos” – deve ser entendida no contexto da concepção bíblica de ser humano.

Na Bíblia, os rins são considerados como a sede da consciência. Por isso, o salmista agradece a Deus que o aconselha, e, mesmo de noite, seus rins – sua consciência – o admoesta. Jeremias censura o povo que tem Deus perto da boca, mas longe dos rins. Quis dizer: Deus não tinha nenhuma importância para esse povo, na hora em que deveria tomar decisões importantes. Muitas vezes Deus é designado como aquele que examina os corações e os rins, e questiona o ser humano no mais profundo de sua existência. Quando alguém fazia algo de errado, era nos rins que devia sentir-se compungido.

Com o que o discípulo deve cingir os próprios rins? Com o projeto de Reino, proclamado por Jesus. Suas decisões devem firmar-se na misericórdia para com o próximo, na abertura de coração para perdoar e viver reconciliado, na solidariedade e na partilha. Cingindo-se desta maneira, o discípulo romperá o egoísmo e se voltará totalmente para Deus.

É a forma mais conveniente de preparar-se para o encontro com o Senhor. Quem agir assim, será considerado feliz, como o servo que permanece acordado, até o momento em que seu senhor retorna. O mesmo acontecerá com o discípulo cuja vida está centrada no amor: será acolhido e honrado pelo Senhor que vem!

Oração
Pai, somente em ti quero centrar as minhas opções mais profundas, para não permitir que o egoísmo tome conta do meu coração e me afaste de ti.

O comentário do Evangelho é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE.

Outros conteúdos